Formas Nominais





Você deve se lembrar que o verbo é uma das classes gramaticais que mais sofre flexões — de número, modo, pessoa, tempo e voz — e também exprime ação ou mudança de estado. Sendo assim, é importante sabermos o que são e quais são as formas nominais do verbo.

O que são formais nominais?

Quando o verbo assume o papel de um adjetivo, advérbio ou substantivo ou apenas se comporta como eles dá-se o nome de formais nominais.

Logo abaixo você conhecerá as três formas nominais do verbo e quando usá-los.

Formas Nominais
Informações sobre Formas Nominais.

Quais são as formas nominais do verbo?

Infinitivo

É o verbo sem conjugação, ou seja, é exatamente como nos referimos a ele. Esta forma nominal pode estar na primeira conjugação (AR), segunda conjugação (ER) e terceira conjugação (IR).

Vai te ajudar:  Modos verbais

Alguns verbos no infinitivo: amar, ser, partir, ir, andar, chegar…

Exemplo:

“(…) no entanto, eu gostava mesmo era de partir…” (Mário Quintana em “Poema Transitório”).

Esquecer é uma necessidade” (Machado de Assis).

O infinitivo também pode ser pessoal, quando o verbo se relaciona a uma pessoa, ou impessoal, quando o verbo não está relacionado ao sujeito:

Eu quero aprender mais sobre leis. (Infinitivo pessoal)

Aprender sobre leis é importante. (Infinitivo impessoal)

Gerúndio

Conhecida pela terminação “-NDO”, o gerúndio indica uma ação verbal longa, de continuidade e pode vir acompanhada de um verbo auxiliar.

Alguns verbos no gerúndio: fazendo, amando, andando, chegando, sendo…

Vai te ajudar:  Classificação dos verbos

Exemplo:

“(…) ao longe, o vento vai falando de mim” (Cecília Meireles).

“Mesmo não sabendo que era amor, sentiam que era bom” (Jorge Amado).

Particípio

Terminada em “ADO” e “IDO”, essa forma nominal traz uma conclusão a ação verbal, uma ideia de finalização. Também pode ter flexão em gênero e número caso seja usada como um adjetivo (IDA, IDAS, ADA, ADAS).

Alguns verbos no particípio: Ido, partido, amado, chegado, andado, sido, tido…

Exemplo:

“É mais fácil amar que ser amado” (Paulo Coelho).

“Só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido” (Fernando Pessoa).

Veja também

Formas Nominais
5 (100%) 3 votes





VEJA MAIS SOBRE » COMO SE ESCREVE