Regências do verbo Informar





Regências do verbo informar: Saber as regências dos verbos da língua portuguesa não é uma tarefa fácil, visto que o uso coloquial da língua pode confundir muito os falantes que precisam escrever na norma culta. A regência é uma forma de treinar o modo como você fala, porém, quanto há mais transgressões na língua, mais linguistas tentam descrever esse fato, de modo que a regência sofra alterações dependendo do contexto.

Mas que fique claro, quando utilizar a norma culta, a regência original, primária, do verbo é necessitada sempre. A não ser que seja perguntado a você algum uso novo do verbo. Tome cuidado!

Vai te ajudar:  Regências do verbo Atender

A seguir, mostraremos a regência do verbo informar!

Verbo informar

O verbo informar assume apenas uma regência, de verbo transitivo direto e indireto. Lembre-se que o verbo “informar” informe alguma coisa a alguém ou vice-versa. Dependendo do contexto, se a situação estiver subentendida, não haverá necessidade de especificar algum objeto, entretanto, como já dito, é vital que se utilize na forma completa.

Exemplo: “Informe o novo telefone ao público”.

Gostou das informações sobre as regências do verbo informar? Então deixa teu comentário abaixo e sua avaliação nas estrelinhas.






VEJA MAIS SOBRE » COMO SE ESCREVE